"Neste momento de música eles sentiram-se donos da cidade. E amaram-se uns aos outros, se sentiram irmãos porque eram todos eles sem carinho e sem conforto e agora tinham o carinho e conforto da música."
-Jorge Amado

☁ ☁ home ask tags + ☁ ☁
Foto: Questão de tempo

(Source: fotos-vibes, via heycinetica)

Ele ficou me olhando, e eu o olhava. Minha mão procurou a sua, e a encontrou. Senti que agora era o seu coração que batia mais rápido - eu quase podia escutá-lo, porque estávamos de novo em silêncio. Minha alma, porém, estava tranquila, e meu coração em paz.

Paulo Coelho.   (via inverbos)

(Source: c-a-n-a-r-i-o, via inverbos)

Que pode uma criatura senão,
entre criaturas, amar?
amar e esquecer,
amar e malamar,
amar, desamar, amar?
sempre, e até de olhos vidrados, amar?

Carlos Drummond de Andrade - Amar (via brazilwonders)

(via moan-s)

Acomodou-se no banco de madeira, apenas observando a rua calma. Puxou um cigarro do bolso e após o acender, tragou-o sem pressa em movimentos repetidos até sentir a presença de uma outra pessoa no banco encarando-o. Fingiu não notar e continuou a tragar na medida em que seus pensamentos rodeavam sua cabeça.
- Você sabe que fumar causa o envelhecimento da pele, não? - uma voz doce soou do seu lado, lhe despertando, o garoto riu irônico.
- Você sabe que garotas que falam com estranhos tem mais tendências a serem estupradas, assassinadas ou sequestradas? - falou ainda sem olhá-la.
- Você sabia que o uso de cigarros pode te causar problemas no coração mais tarde? - ouviu um risinho no fim da frase que o fez abrir um sorrisinho de canto.
- Você sabia que eu não me importo? - virou-se para olhar a dona da voz que o perturbava, deparando-se com dois grandes olhos acinzentados.
- Mas eu me importo - a garota lhe sorriu, colocando uma mecha de seus cabelos atrás da orelha.
- Você se importa com um estranho, quem prova que não sou nenhum psicopata? - falou sério, fazendo-a gargalhar.
- Você não faria isso, não mesmo - ela pronunciava as palavras como se ele tivesse acabado de falar uma proeza. Ele fitou-a curioso, colocando seu corpo pra frente como se demonstrasse interesse. Ela encarou o chão, sem coragem de olhar para ele e abriu um sorriso brincalhão - Venho te observado a alguns dias, então se algum de nós é um psicopata, creio que esse alguém sou eu.

Orientiza e Verticalizar . (via verticaliza)

Um rapaz só fica bêbado assim quando quer beijar uma garota ou matar um homem. E ai, o que vai ser?

Abraham Lincoln: Caçador de Vampiros

Cuida bem. Observa os detalhes. Olhe nos olhos. Tente reparar no que ninguém repara. Acaricie as mãos. Leve uma flor num dia qualquer. Surpreenda. Ouça. Seja sincero. Amor se constrói na simplicidade. Hoje em dia, ele está tão raro porque não param pra notar que ele não tropeça nas grandes montanhas, e sim nas pequenas pedras.

A Menina e o Violão.   (via caos-poetico)

(Source: a-menina-e-o-violao, via oubli3r)

(Source: cidade-fria, via oubli3r)

Ceix e Alcíone

Ceix e Alcíone

Oh, quanto desejaria, uma vez que foste, que me tivesses levado contigo! Quanto melhor teria sido! Não teria, então, um resto de vida para passar sem ti, nem de morrer uma morte separada. Se eu pudesse suportar a vida e lutar para tolerá-la, seria mais cruel para comigo mesma do que o mar tem sido. Mas não lutarei, não me separarei de ti, desventurado marido. Desta vez, pelo menos, far-te-ei companhia. Na morte, se um só túmulo não pode conter-nos, um só epitáfio conterá; se não posso misturar minhas cinzas com as tuas, meu nome, pelo menos, não será separado do teu.

— O Livro de Ouro da Mitologia (Histórias de Deuses e Heróis)- Thomas Bulfinch
Capítulo IX- Ceix e Alcíone: As Alcíones